Diversos

Água Alcalinizada

Você sabia ?

A boa harmonização orgânica e energética requer o máximo de alcalinidade e oxigenação como auxiliar e todas doenças graves e degenerativas.

Não há vida sem água, não basta ela apenas hidratar, ser potável e filtrada, mas é preciso nutrir as células, ter um pH alcalino e ser estruturada. Toda água com pH acima de 7,0 é considerada água ácida. A água alcalina, de maneira geral, é boa para se comunicar, mas nem toda água alcalina é boa. Portanto, não basta ser alcalina, a água ideal deve ser alcalina e com a concentração adequada de minerais para nosso corpo. Isso implica na prevenção e tratamento de doenças que são ácido-dependentes para se manterem. Recomendo para tratamentos complementares a água alcalina (pH acima de 9,5) natural e mineral. Ela desempenha um papel bem importante na dissolução de cálculos renais e biliares, dissolução de trombos e coágulos sanguíneos e, a correta hidratação com o fornecimento de minerais como Vanádio, que têm uma propriedade anticancerígena.

Dr Lal Arora, demonstrou um estudo de avaliação do pH do sangue através do eletroencefalograma, onde as ondas cerebrais foram medidas, e de acordo com as características pessoais, implicando em quanto maior o fluxo de pensamentos por segundo, características pessoais, implicando em quanto maior o fluxo de pensamentos por segundo, caracterizava a pessoa mais excitada,inquieta, quanto menor o fluxo de ondas cerebrais por segundo, proporcionavam um estado de maior lucidez, baixo estresse e boa imunidade, no chamado Beta; em contra partida, quanto menor lucidez, baixo estresse e boa imunidade,no chamado estado Alfa e alfa profundo.

Os resultados demonstram que estes fatores estão diretamente ligados na qualidade do sangue, em especifico no pH, que em equilíbrio estará em torno de 7,4 enquanto que em pessoas doentes se apresentará ácido (abaixo de 6,5). O pH 2,5, poe exemplo,  favorece muito a proliferação de agentes bacterianos, virais e fúngicos.

Grata pela visita !! 🙂

Fonte: Saúde Quântica para os Animais – Daniela Franco Lopes

Imagem: Pixabay

Anúncios
Florais

Imunidade & Florais de Bach

Adorei ver no livro “Terapia Floral do Dr. Bach – Teoria e Prática” da Mechthild Scheffer esta série de fotos !!

Sem título

🌸 Foto 1: mostra um estado próximo ao normal; os eritrócitos são vistos como anéis luminosos próximos uns dos outros e que se destacam nitidamente contra o fundo.

🌸 Foto 2: mostra o sangue em estado natural da paciente, uma mulher de 52 anos de idade que sofria há dois anos de grave bronquite asmática e se tratava, na época da foto, com altas doses de teofilina e cortisona. Pode-se perceber uma forte agregação (semelhante a rolos de dinheiro) dos eritrócitos.

🌸 Foto 3: mostra o sangue dessa paciente 20 minutos depois de ingerir uma associação de Cherry Plum, Gentian, Bombeam, Pine e Water Violet. Nesse momento já se percebe uma nítida separação dos eritrócitos, embora ainda sejam visíveis os “rolos de dinheiro”.

🌸 Foto 4: vê-se que, 45 minutos depois da ingestão das essências florais de Bach, os “rolos de dinheiro” haviam se dissolvido em ampla medida.

🌸 Foto 5: mostra o sangue dessa paciente, cujo estado emocional se mantivera estável, nove meses depois da primeira foto.

Através de inúmeras pesquisas, comprovou-se que a tensão e sentimentos negativos exercem influência direta sobre o sistema imunológico. Em Viena, os psiquiatras Franz Resch e Harald Aschauer conseguiram demonstrar que a concentração de “células-assassinas” no sistema imunológico – cujo número representa uma medida crucial para a defesa celular do corpo – é significativamente reduzida pelos sentimentos de pesar, melancolia ou tristeza, diminuindo o número de células fagociticas ou de defesa. Macrófagos e leucócitos reduzem em até 90% em comparação com o valor-padrão, prejudicando todo o sistema de defesa do organismo. Animais com os mesmos padrões tendem a ficar doentes com mais facilidade também.

Grata pela visita !!

Fonte: Livro “Terapia Floral do Dr. Bach – Teoria e Prática” Mechthild Scheffer

Foto: Terapia Floral do Dr. Bach – Teoria e Prática – Mechthild Scheffer

Florais

Florais de Bach, como funcionam ?

O Que é a Terapia com Florais de Bach? Os florais de Bach são essências vibracionais de flores provenientes da Inglaterra. Eles agem equilibrando as emoções, como por exemplo, equilibrando raiva em amor, hiperatividade em tranquilidade, carência em paz no amor e etc. Podemos tratar: TPM, ESTRESSE, DEPRESSÃO, PÂNICO, DESESPERO, CULPA, CANSAÇO FÍSICO OU EMOCIONAL, ÓDIO, TRISTEZA, MÁGOAS, ANSIEDADE, CIUMES, PREOCUPAÇÕES.

Como são Preparados? As essências florais são retiradas da natureza através de dois métodos, o Método Solar e o Método de Fervura, e depois são embaladas e distribuídas para todo o mundo. Os florais no Brasil são manipulados em farmácias de manipulação.

Quem Pode Indicar a Terapia Floral? Terapeutas holísticos com certificado de terapeuta floral. No caso de animais o melhor seria a indicação de um veterinário que também seja terapeuta floral, pois ele conhece a fundo o comportamento e a situação em que o animal se encontra. É importante, se o responsável pelo animal quiser, que ele também faça a terapia em conjunto. Já é sabido que nossas emoções influenciam muito no estado físico e emocional dos nossos bichinhos, então, nos cuidando, consequentemente ajudamos nosso amigo de quatro patas também. A ligação ou vínculo entre os dois acaba ficando até maior durante o tratamento, é muito bonito de ver.

Tem Algum Efeito Colateral? Não há efeitos colaterais, a terapia com florais pode ser vista como “a natureza nos ajudando”. São produtos totalmente naturais, atóxicos, de fácil uso, selecionados de acordo com as necessidades individuais e não possuem contra indicações, inclusive podem ser utilizados em tratamentos junto com alopatias e com homeopatias.

florzinha

A sistematização da terapia floral foi feita pelo Dr. Bach, na década de 1930 na Inglaterra, desde então, milhões de pessoas foram beneficiadas pelo seu uso, a terapia sendo reconhecida pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em 1976.

A OMS, declarou em 1978, na Conferência Internacional sobre Cuidados Primários de Saúde, que “Cada remédio trata uma determinada pessoa e uma condição particular. O uso de todos estes remédios (as essências florais) está amplamente distribuído pelo mundo em uma pequena escala. Eles são excelentes para o auto cuidado, sendo totalmente sem efeitos colaterais e não oferecem perigo caso um remédio errado seja prescrito”.

Problemas de saúde frequentemente têm suas origens nas emoções, os sentimentos que foram persistentemente reprimidos irão emergir primeiro como conflito mental e, depois, como doença física, os florais, assim, sendo indicados, para dissolver os obstáculos psicoemocionais, combater as doenças psicossomáticas, AUXILIAR na cura de qualquer doença e na recuperação da saúde, proporcionando reequilíbrio emocional, mental e comportamental, de forma simples, precisa e suave.

Gratidão pela visita !!!

Imagem: Pixabay

Reiki

Meu animal precisa de Reiki ?!

O Reiki pode ser usado em diversas ocasiões para ajudar nosso bichinho ! Confere aqui 🙂

Animal Operado: Acelera recuperação e cicatrização em procedimentos cirúrgicos. Por não ter efeito colateral, pode ser aplicado todas as vezes que se façam necessárias. Em Logo após a cirurgia não colocamos a mão diretamente na ferida, costuma-se manter certa distância, aquela em que o animal se sentir confortável.

Animal Acidentado: na ocorrência de machucados, sejam ocasionados por brigas com outro animal, atropelamento ou casos de violência anterior a adoção, o Reiki acelera na cicatrização e recuperação do animal, agindo nos níveis físico e emocional, podendo diminuir a frequência e dose dos medicamentos. As aplicações regulares também ajudam na superação do trauma do acidente e na recuperação da autoconfiança e socialização com os demais indivíduos.

Animal com Câncer: o processo de quimioterapia não é fácil para eles e muito menos para os responsáveis pelo bichinho, o Reiki vem como um importante auxiliar, podendo ajudar no período que antecede a quimioterapia, preparando o animal para enfrentar o procedimento. Uma sessão costuma durar até uma hora e tem efeitos que variam conforme o paciente. Auxilia na eliminação de toxinas e no regressão de tumores (comprovado cientificamente pela UNIFESP – Ver Tese de Doutorado do Dr. Ricardo Monezi).

Animal em Estado Terminal: O Reiki promove o desligamento do corpo físico de forma suave, realizando a transição de forma pacífica e serena reduzindo o sofrimento do animal em sua partida.

Animal Hiperativo: O acompanhamento com um veterinário holístico neste caso é bem interessante. Além do Reiki, é importante que o animal faça passeios diários, para gastar tamanha energia e mudanças de rotina, se for preciso. Com certeza deixará o animal em um estado de calma mental, facilitando muito a vida dele e a do tutor 🙂

Animal com pouca Mobilidade: Esta condição física pode ser provocada tanto pela idade, quanto pelo peso ou esforço em excesso. Com o Reiki, o seu amigo ganha mais vitalidade, retornando a sua rotina habitual, sendo fundamental o acompanhamento periódico de um veterinário.

Reiki como prevenção: Aplicações regulares de Reiki são fundamentais para aumentar a expectativa de vida do animal. Aumenta a ação do sistema imunológica e vitalidade do animal. Em animais idosos, melhora a qualidade de vida e envelhecimento natural.

Lembrando que o Reiki pode ser feito a distância também, pois segundo a física quântica, a energia ultrapassa tempo e espaço, através de símbolos do Reiki, é possível fazer um tratamento sem que o animal esteja presente no mesmo local que o terapeuta.

Um abraço carinhoso e cheio de amor !

Fonte de inspiração: https://www.associacaoportuguesadereiki.com/

Imagem: Pixabay

Definições, Reiki

Reiki, o que é?

O que é o Reiki?

O Reiki é uma técnica japonesa de harmonização e reposição energética, onde a energia vital do universo é canalizada pelas mãos do terapeuta iniciado em Reiki e irradiada para o paciente (humano, animal ou planta), restabelecendo a harmonia e o equilíbrio da energia vital deste. As mãos podem ser colocadas diretamente no corpo do animal (locais de aplicação de Reiki) ou feito a distância (quando iniciado no nível 2). Não é uma prática religiosa e a única contraindicação é de não fazer durante cirurgias, para que o Reiki não influencie na duração da anestesia.

 O Reiki realmente funciona em animais?

Com certeza, como não há um sistema de crenças no intelecto animal, como em seres humanos, não há resistência contra a técnica, portanto os casos de sucesso são bem maiores em animais que humanos que por bloqueios de ordem religiosa, dogmática e intelectual muitas vezes negam e rejeitam o tratamento holístico. Os animais (assim como as crianças), são muitos sensíveis à energia, eles sabem o quanto e onde a necessitam. Se você, por exemplo, pegar um gato em seu colo para aplicar Reiki, ele se acomodará de tal forma que sua mão se posicione exatamente onde ele necessita, quando estiver abastecido, ele simplesmente se afastará, necessitando novamente de energia ele virá a seu encontro. 

 Reiki em plantas?

Sim, também pode ser feito, no caso das plantas, podemos aplicar nela como um todo, em suas raízes, nos vasos ou até mesmo energizar a água que será usada para regá-las. Você estreita sua relação com as plantas, se beneficiando muito. Aproximando-se de uma árvore e abraçando-a, permaneça alguns minutos trocando energia com ela, você a impregna com Reiki e ela o envolve em sua aura. Essa experiência lhe apresentará a novas dimensões de consciência.

Quando pode ser aplicado o Reiki em animais de estimação?

O Reiki em animais de estimação pode ser aplicado para qualquer tipo de doenças e/ou problemas de temperamento. Em casos de animais agressivos deve-se tomar cuidado durante a aplicação, com o intuito de não haver situações de perigo para o profissional. Neste caso o ideal é energizarmos a água, alimento e local que o animal costuma ficar a maior parte do tempo, após o nível 2 poderemos tratá-los à distância.

Qual o efeito do Reiki em animais de estimação?

O efeito do Reiki é imediato, o animal reage ao Reiki com sinais de relaxamento. Se vier complementado de uma boa massagem específica para animais, o seu Pet vai obter um excelente ciclo de energia equilibrando o corpo e espírito. 

Nossa relação com eles também se estreita, muitas vezes, animais que não conhecemos, aproximam-se de nós em busca de energia. Podemos estar na casa de alguém que acabamos de conhecer e seu cãozinho, gato, etc… aproximar-se de nós e encostar-se a nossa perna, mão, etc… isso poderá significar que ele está necessitando de energia, basta, então, posicionarmos nossas mãos em qualquer parte de seu corpo e ele se posicionará como necessário. Essa sessão poderá passar despercebida pelos demais.

Sendo muito importante frisar que o Reiki não substitui o tratamento prescrito pelo veterinário do seu animal.

Gratidão por nos acompanhar !

Um abraço, com muito carinho e amor !

Fontes de inspiração: 

https://www.associacaoportuguesadereiki.com/

http://gabrielreisstein.com.br/

@nucleoganapati

http://www.reikiveterinario.com.br 

Imagem: Pixabay

Definições

Afinal, o que é holístico ?

Dicionário: Relativo a holismo. O termo holismo origina-se do grego “holos”, que significa “todo/completo”.

Wikipédia: A abordagem holística na medicina insiste no estudo não só de uma moléstia individual, mas também das respostas das pessoas a esta moléstia, sob os aspectos físico, psicológico e social. Uma estratégia de tratamento deve, portanto, levar em conta as necessidades únicas de cada indivíduo; todas as facetas da doença são levadas em conta, tais como os efeitos da mesma nas relações pessoais, na família, no trabalho e no bem-estar emocional do paciente. O tratamento holístico privilegia o encorajamento da capacidade do próprio paciente de se autocurar, em lugar de lançar mão de recursos cirúrgicos ou de drogas, e enfatiza a educação e o cuidado com o próprio organismo, incluindo dietas e exercícios. A medicina holística é uma abordagem específica, não uma especialidade médica, não sendo exclusiva de nenhuma e podendo ser aplicada em todas.

PR-VIHCP830

As terapias e técnicas holísticas entram para unir ao tratamento tradicional/alopático. Não exclui o uso de medicamentos, mas diminui o tempo de tratamento e dose dos mesmos. Na veterinária, muitas vezes é necessário integrar o tutor do animal ao tratamento, visto que os animais absorvem ou espelham os processos emocionais/comportamentais de seus responsáveis. A proposta das terapias e técnicas halopáticas, quando com a ajuda de um terapeuta, é chegar na raiz do problema, não apenas tratar os sinais clínicos aparentes.

Fazendo uma analogia com o iceberg, é como se mergulhássemos até a base para assim descobrir onde tudo começou. Para isso, é preciso que seja feito uma consulta minuciosa, de pelo menos 1h, para que consigamos juntar as pecinhas até encontrar o “x” da questão. O passo seguinte seria a escolha da melhor técnica/tratamento para o momento delicado do bichinho, no caso.

4 pontos da medicina veterinária holística/integrativa:

  1. Aumentar o sistema imunológico de forma preventiva – ao invés de se preocupar com a doença só depois que ela aparece
  2. Preocupação em investigar a raiz do problema e não apenas tratar os sintomas aparentes
  3. Usar produtos e terapias naturais que tenham um efeito tão bom quanto os medicamentos tradicionais/alopáticos
  4. Energia. A energia que flui no corpo dos animais e no nosso, tem uma forte influência no corpo físico, porque não trabalhar com ela ? É nossa grande aliada

Meu objetivo é que possam conhecer o mundo da medicina veterinária holística, integrativa ou complementar, como muitos dizem, para quando receberem indicação ou seu bichinho estiver precisando de ajuda, saber que existe esta alternativa. São ferramentas preciosas para nós e para os animais que merecem todo o nosso amor ❤

Exemplo de terapias holísticas: Alimentação natural prescrita por um nutrólogo veterinário; Terapias energéticas (Reiki, ThetaHealing e florais); Ozonioterapia; Medicamentos homeopáticos.

Gratidão !

Um grande abraço !!!

Muita luz e boas vibrações para todos !

Imagem: Pixabay

Uncategorized

Seja Bem Vindo !

Ola Pessoal!! Por meio deste primeiro post venho me apresentar 😀

Meu nome é Lys, sim, apenas Lys hahah.. graduada em Medicina veterinária na UECE (Universidade Estadual do Ceará).

Fiz este Blog para poder compartilhar algumas informações, autores e experiencias, espero que seja útil para quem se interessa pela área do autoconhecimento, medicina veterinária integrativa e para quem cuida de animais, tanto como profissão como por amor. Aceito criticas construtivas, parcerias e qualquer dúvida é só mandar um e-mail 🙂

lysalves.veterinaria@gmail.com

Técnicas e Terapias Integrativas: Por meio das técnicas e terapias integrativas conseguimos analisar nosso corpo e dos animais de uma forma mais abrangente, onde integramos/unimos mente, corpo e espirito.

Quais são estas terapias ?

No momento trabalho com Reiki, Thetahealing, Florais de Bach e Ozonioterapia.

Em relação ao atendimento com os animais, por meio do reiki e/ou thetahealing, por exemplo, conseguimos descobrir  a raiz do problema, ou seja, do porque determinada doença se manifestou, detectando desequilíbrios energéticos muitas vezes de forma precoce, ainda no estagio inicial. Toda doença que se manifesta no corpo físico, ela primeiro apareceu/iniciou no nosso corpo energético. Quando já nos deparamos com a doença instalada no corpo fisico, as técnicas integrativas podem ser de grande auxilio também, diminuindo dose dos medicamentos e tempo de tratamento. Podemos trabalhar de forma simultânea, sem excluir o tratamento que o medico prescrever ou médico veterinário, um tratamento não exclui o outro.

No próximo post falarei um pouco sobre o Reiki em animais, quem se interessar é só continuar acompanhando 😉

Atualmente estou atendendo em Belo Horizonte-MG !
Gratidão pela visita !! 🙂

Instagram: @_olharquantico_